fbpx

Viagem pelo bem-estar: você já ouviu falar em “healing holidays”?

Março de 2020

Nesse post vamos falar sobre a nova proposta de viagem pelo bem-estar.

Cada vez mais comum no exterior e com demanda crescente na última década, de acordo com a Lonely Planet, essa é maneira de viajar que vem conquistando muitos adeptos.

“Healing Holidays” pode ser traduzido como um período de dias em que você se ausenta da sua rotina para encontrar mais bem-estar, tanto no sentido preventivo como interventivo.

Nessa proposta, da viagem pelo bem-estar, o foco não está apenas no relaxamento, mas sim na maximização do seu estado de saúde e de felicidade.

Objetivo da viagem pelo bem-estar

Durante esse tempo fora de casa, além de conquistar momentos de profundo bem-estar, o objetivo é aprender como ajustar seu estilo de vida de tal modo que você possa manter o estado de qualidade de vida experimentado ao retornar à rotina.

Afinal, o tempo de férias é muito curto e, por isso, pensando na nossa saúde e bem-estar de forma duradoura, ele não deve ser o único momento em que podemos alcançar um equilíbrio saudável, tanto de alimentação, como emocional, por meio de um contato mais profundo com nós mesmos, e físico.

Assim sendo, essas pausas trazem a oportunidade da pessoa se perceber fora da influência das circunstâncias que a rodeiam no dia a dia e, assim, ter um tempo para pensar mais sobre si mesmo e sobre a própria vida sem a interferência da urgência dos afazeres diários.

Como planejar e quanto custa?

Apesar de existirem grandes spas e centros especializados nessa proposta mais terapêutica, é possível sim planejar o próprio “healing Holiday” por conta própria e escolher o local e as atividades que façam mais sentido de acordo com o que se busca.

Para isso, é necessário mapear quais são as suas maiores necessidades nesse momento e listar os locais (destino, hospedagem…) que melhor poderiam atende-las.

Por exemplo:

  • se você está buscando a perda de peso, faz mais sentido se hospedar em um local que contribua com esse objetivo oferecendo alimentação saudável, cursos que te ensinem a reproduzir isso em casa, que ofereça atividade física etc.;
  • se você está buscando reduzir o estresse ou melhorar o relacionamento de casal, faz mais sentido buscar um lugar que te permita se sentir desconectado do mundo e das mídias sociais, que priorize muito mais a conexão com a natureza, com algum hobby ou com algum interesse mútuo do casal.

Além de tudo, não precisa ser caro. Você pode adequar a proposta ao seu orçamento, desde fazendo um bate-volta de fim de semana até uma viagem de 30 ou mais dias para um local sintonizado com os seus objetivos.

O importante é garantir esses momentos na sua agenda, não esperar sobrar tempo ou recursos para planejá-los porque saúde e qualidade de vida demandam a nossa atenção e investimento para serem conquistadas.

Começando a colocar em prática

Para começar a pôr a ideia em prática, vou listar aqui as principais finalidades (você pode acrescentar outras):

detox, perda de peso, cura holística, bem-estar para casais, anti-idade, relaxamento e reenergização, tratamento da ansiedade, redução dos níveis de estresse, auxílio nas tomadas de decisão importantes da vida, problemas com o sono, fortalecimento do seu sistema imunológico etc.

Depois de identificar as suas necessidades, o próximo passo é marcar na sua agenda uma data para fazer o seu primeiro “healing Holiday”. Se comprometa com mais pessoas (seja convidando ou simplesmente contando o que irá fazer) para que você possa levar mais a sério esse objetivo e não acabe mudando de ideia.

Em seguida, pesquise o local (destino e hospedagem) e se organize financeiramente para que a experiência toda possa ser idealizada e concluída de forma tranquila e confortável.

Sabemos que o mais indicado é passar alguns dias fora de casa a fim de obter melhores resultados, mas para começar ou mesmo pensando em um orçamento mais restrito, você pode incorporar um dia por semana de lazer, em que você se concentre no seu bem-estar.

Por exemplo: você pode fazer atividades gratuitas como uma caminhada no parque acompanhada de um picnic.

De qualquer forma, ter um dia de lazer por semana é algo recomendável e muito interessante para acrescentar em um planejamento de quem quer ter um estilo de vida mais saudável e feliz.

Em conclusão

Depois de fazer o seu “healing Holiday”, ou viagem pelo bem-estar, pela primeira vez, com certeza você sentirá os primeiros resultados e, com isso, não só entenderá a importância, como também se sentirá mais motivado a manter essas pausas na sua rotina.

Conte pra gente nos comentários se você já adota essas hábitos ou se pretende começar.

E, se precisar de inspiração para escolher um destino perfeito de viagem pelo bem-estar, acesse o nosso blog.

Gostou deste post? Compartilhe.

Facebook
Pinterest
WhatsApp
Imprimir
Telegram
E-mail

* Temos orgulho de só publicar artigos baseados em viagens que a autora realmente fez, então, se ler algo por aqui, pode confiar.

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais da autora.

Posts relacionados

Logo, podemos ver que esse post foi escrito do mesmo modo que os demais. Entretanto, com originalidade, assim como as fotos são inéditas. Portanto, contudo, todavia, não é visto que isso é assim. Em outras palavras, as fotos não são divulgadas. Da mesma maneira, sim. Contudo, também. Surpreendentemente, sim. Inegavelmente também. Analogamente, assim. Anteriormente, também. Decerto, sabemos. Eventualmente, será. Outrossim, talvez. Precipuamente, quem sabe. Salvo que seja diferente. Primordialmente também. A menos que não reconheça. Antes que chova. Ao propósito de concluir. Com efeito, será. De acordo com isso. De tal sorte que teremos alguém. Em contraste com aquilo. Seja como for, todos. Em princípio será assim. Além disso, irei. Em resumo também. Por outro lado falarei. Em terceiro lugar, jamais. Agora sabemos. Nesse hiato funciona. Pelo contrário. Nesse ínterim também. Por analogia dará certo. Nesse meio tempo acontecerá. Por conseguinte todos. Sob o mesmo ponto de vista será ótimo. Tanto quanto você. Se bem que eu faço. Uma vez que saímos. Visto que falamos. Ora pra cá ora pra lá. quer andando quer fazendo. Ou isso ou aquilo. Finalmente podemos. Provavelmente faremos. Afinal, é possível. Aliás, que bom. Conforme fizemos. Conquanto amamos. Sobretudo vocês. Enfim, podemos. Para que se faça. Por certo falaremos. Enquanto não se sabe. Eventualmente dará certo. Em conclusão sim.