fbpx

Planejamento de viagem internacional pós pandemia

Setembro de 2020

Nesse post vamos falar sobre planejamento de viagem internacional pós pandemia.

Diante do “novo normal” será necessário ter ainda mais atenção na elaboração de um planejamento de viagens, especialmente, internacionais.

E como planejamento se faz com antecedência, estamos na época ideal para aprender estratégias que nos levarão a viajar mais e melhor gastando menos.

Se você se identifica com esse objetivo, vai curtir esse post.

Vamos falar sobre o que, provavelmente, permanecerá igual e o que poderá mudar no pós pandemia, além de apresentar dicas que o auxiliarão a desenvolver um bom planejamento.

Assim sendo, vamos aos principais tópicos que merecem sua atenção ao planejar uma viagem internacional pós pandemia.

Destinos

De acordo com uma pesquisa recente do Kayak, os campeões nas intenções de viagem dos brasileiros são CancúnSantiagoRoma, Buenos Aires, Lisboa, bem como Estados Unidos.

Sabendo que a lei da oferta e da procura é o que rege os preços no setor de turismo em geral, o viajante que quiser economizar terá que ficar atento a essas pesquisas, evitando, assim, seguir os planos da maioria se não quiser sofrer com a elevação dos preços diante da alta demanda.

Assim sendo, ao viajar pelo Brasil ou pelo exterior a dica é a mesma: evitar seguir as tendências.

Além de ser ótimo para as finanças, outra vantagem será a de economizar tempo ao evitar as aglomerações.

E, com isso, já que a vacina deve levar um tempo pra ter sua eficácia realmente comprovada, é mais seguro viajar pra lugares que favoreçam o distanciamento social.

Câmbio

Em primeiro lugar, câmbio é um assunto que costuma gerar muitas dúvidas, até mesmo em viajantes mais experientes.

Afinal, não é difícil cometer o erro de classificar um destino como caro ou barato simplesmente analisando se a moeda vale mais ou vale menos que o nosso real.

Só para ilustrar, um exemplo de análise equivocada seria:

“Ir para Copenhague na Dinamarca deve ser mais barato do que ir para Washington, pois hoje 1 dólar custa R$5,69 ao passo que 1 coroa dinamarquesa custa apenas R$0,96.”

E por que ela é equivocada? Veja nessa imagem extraída do site Quanto Custa Viajar, qual é o custo estimado para 1 dia de viagem em cada cidade.

viagem internacional pós pandemia
viagem internacional pós pandemia

Logo, isso significa que é preciso muito mais coroas dinamarquesas para custear os mesmos itens do que dólares em cada destino.

Então, nota-se que o que define se um destino será caro ou barato é o poder de compra da moeda e planejar bem sempre é a melhor resposta.

Passagens aéreas

Um dos grandes erros da maioria dos viajantes é pesquisar pela passagem ou pelo pacote mais barato e assim que encontra algo que parece uma boa oportunidade, compra.

E por que isso é um erro?

Porque compras diretas assim, do jeito convencional, nunca trazem a melhor economia, muito menos o melhor custo-benefício.

Na grande maioria das vezes, o que o viajante investe na passagem aérea, mesmo em promoção, pensando que está economizando, poderia custear mais 2, 3, 4 viagens ou mais.

Muitas pessoas acreditam por exemplo que gastar R$3.000,00 para ida e volta a algum destino na Europa é barato.

Mas, eu posso afirmar categoricamente que não.

Com esse valor é possível conhecer pelo menos 4 países, viajando com cias aéreas sólidas, com conforto e sem riscos.

Mas, como isso é possível? Usando as estratégias certas e jamais comprando uma passagem de forma direta, ou seja, do jeito convencional.

Além disso, se o viajante investir em estratégias de milhas aéreas, pode até viajar somente com milhas, sem ter que comprar as passagens em dinheiro.

Em conclusão, considerando o cenário mundial atual, ao planejar uma viagem internacional pós pandemia será importante ter estratégias que ajudem a economizar ao máximo.

Uma tendência que vale a pena seguir

Ao contrário das tendências que eu citei anteriormente, que não são recomendáveis para a economia de tempo e dinheiro nem para garantir a segurança e o conforto do viajante, existe uma tendência, que está mais ligada ao estilo de viagem, que vale a pena começar a investir.

Ela é especialmente indicada ao planejar uma viagem internacional pós pandemia.

E eu estou falando do motorhome.

Esse meio de transporte que também funciona como hospedagem tem inúmeras vantagens, especialmente agora, já que garante o distanciamento social ao restringir o contato apenas com as pessoas que viajam juntas.

Além disso, você pode explorar aqueles locais mais afastados, o que não seria possível se escolhesse um hotel.

Embora no Brasil ainda não seja comum, nos EUA, na Europa, no Canadá e na África do Sul, o viajante encontra uma ótima estrutura e segurança para viajar dessa forma.

Aliás, essa é uma das melhores formas de visitar os parques nacionais belíssimos nos EUA.

Segundo divulgado pelo blog Casal a Bordo, a pesquisa por viagens de motorhome aumentou em 30% quando comparado ao mesmo período do ano anterior e a busca feita por brasileiros interessados nessa forma de viajar aumentou 40%.

Uma possível explicação para isso é que em virtude da pandemia, a procura por destinos de natureza está em alta.

Considerando que a lei da oferta e da procura é implacável, espere um aumento nos preços de locação desses veículos…

Por isso, planeje com antecedência caso tenha interesse em viajar de motorhome sem gastar muito.

E se você não curte a ideia de viajar de motorhome...

Você pode alugar um carro e fazer uma road trip. Eu até sou suspeita porque esse é meu estilo preferido de viagem…

O carro proporciona autonomia, liberdade e segurança, o que também é perfeito para viagens no mundo pós pandemia.

Para fazer uma combinação perfeita, ao planejar sua viagem internacional pós pandemia, você pode optar por hospedagens menores, com menos hóspedes e que ainda trazem o benefício de proporcionar uma experiência mais autêntica, que ressalte a marca daquele local, ao contrário das grandes redes que são padronizadas no mundo todo.

Caso você prefira uma alternativa ainda mais econômica, principalmente para grandes famílias, as casas de temporada são uma ótima opção. E, ainda, tem a vantagem de você sentir que está vivendo no destino.

Recomendações gerais para a primeira viagem pós pandemia

  1. Evitar lugares cuja atração principal seja um local fechado (museus, parques de diversão…).
  2. Evitar horários de pico para almoçar, se deslocar em meios de transporte coletivos etc.
  3. Dar preferência a adquirir serviços com cancelamento grátis (passagens aéreas, hospedagens…).
  4. Não abrir mão de um bom seguro viagem que tenha cobertura para o Covid. Comprando aqui pelo site você ainda recebe desconto nesse item. 🙂
  5. Planejar bem a compra de ingressos para atrações turísticas, pois é bem provável que se priorize a venda on-line, com definição de dia e hora da visita a fim de evitar filas e aglomerações, o que pode causar o esgotamento dos ingressos mais rápido do que se imagina.
  6. Pesquise muito bem sobre as condições de admissão de turistas no território, se existe restrições, até quando vão, assim como sobre a situação sanitária local. 
  7. Faça um check-up médico antes de embarcar para verificar como está a sua saúde de um modo geral. Existem doenças que podem começar sem sintomas, ou manifestá-los enquanto você estiver viajando.
  8. Siga as recomendações da OMS – Organização Mundial de Saúde e viaje levando álcool em gel e máscaras em quantidade maior do que se imagina que será necessário. E as use sempre em aviões, ambientes de muito tráfego etc.
  9. Consulte o site de imigração de cada país para saber se estão exigindo algum teste ou documentação específica relacionada ao Covid para permitir a entrada de estrangeiros.
  10. Tenha em mente que os procedimentos de embarque levarão mais tempo do que o habitual, por isso chegue cedo no aeroporto e tenha paciência, pois é para o bem de todos.

Conclusão

Muitos têm afirmado que as viagens pós pandemia serão mais focadas no tempo presente e menos dependentes da imposição das aparências ressaltada pelas redes sociais.

Se isso for verdade, teremos experiências mais vivas e intensas, mas realmente não sei se essa seria uma realidade duradoura, considerando a supremacia da era tecnológica…

E você? Qual é a sua opinião sobre viagem pós pandemia? Compartilhe com a gente nos comentários.

Ah! Se você quiser saber mais dicas de planejamento para se preparar melhor para sua primeira viagem pós pandemia, leia esse post.

Gostou deste post? Compartilhe.

Facebook
Pinterest
WhatsApp
Imprimir
Telegram
E-mail

* Temos orgulho de só publicar artigos baseados em viagens que a autora realmente fez, então, se ler algo por aqui, pode confiar.

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais da autora.

Posts relacionados