fbpx

Málaga o que fazer, onde comer e se hospedar

Fevereiro de 2020

Nesse post, vamos falar sobre o que fazer em Málaga, onde comer e se hospedar, baseado na nossa viagem de setembro de 2019.

Málaga é uma cidade vibrante, arborizada e transmite muita autenticidade. Passear por ela é imergir na cultura flamenca e ver sua influência nos detalhes e nas pessoas pelas ruas da cidade.

Há muitas experiências interessantes por lá, então reserve pelo menos dois dias se quiser desfrutar das principais atrações da cidade.

Curiosidade

Málaga é a cidade em que Pablo Picasso nasceu e viveu até os 10 anos.

É possível sentir sua presença em cada recanto, especialmente porque a metrópole defende seu legado de inúmeras formas e, principalmente, por meio do seu museu, que ocupa o Palácio de Buenavista.

Málaga. Foto: Ellen

Atrações imperdíveis

Museo Picasso Málaga

Seu acervo conta com 204 obras, sendo algumas sobre a própria família e, portanto, retratam um pouco da intimidade do artista.

No subsolo, o visitante vai se surpreender com os vestígios arqueológicos fenícios, romanos, islâmicos e renascentistas, descobertos durante as obras.

Assim sendo, mesmo que você não seja tão fã do pintor, a visita ainda pode ser muito interessante.

Catedral de Málaga

Também conhecida como La Manquita (senhora de um braço só), em virtude da construção de um de seus campanários não ter sido concluída, a catedral é um local emblemático na cidade.

O alto custo do projeto forçou sua interrupção em 1782, o que a deixou inacabada, mas nem por isso desinteressante.

Ao contemplar a beleza e a complexidade dessa obra entendemos por que sua construção iniciou no século XVI e levou 200 anos para ser concluída.

Além de sua arquitetura, o museu é outro fator que atrai o visitante com seu acervo religioso, o qual conta 500 anos de história.

Alcazaba

Esse palácio-fortaleza do século XI possui belos arcos, fontes, pátios e desníveis, além de um acervo histórico pequeno, mas bem interessante e, principalmente, uma linda vista da cidade.

É um ótimo local para se contemplar a cidade ou mesmo descansar enquanto se refresca do calor úmido que geralmente faz na região.

Málaga o que fazer
Alcazaba. Foto: Ellen
Málaga o que fazer
Artefatos expostos na Alcazaba. Foto: Ellen

Casa natal de Picasso

Outra atração muito interessante para quem é fã do artista, já que nesse espaço é possível se conectar um pouco mais com a infância do pintor e conhecer uma réplica do seu estúdio do século XIX, bem como apreciar alguns objetos pessoais dele e de sua família. Além disso, a fundação ainda oferece algumas exposições temporárias.

Onde comer

Sem dúvida, a Casa Aranda é parada obrigatória para quem está visitando a cidade pela primeira vez. Ali é possível experimentar desde 1932 a receita original dos churros, um doce típico da região, acompanhado de chocolate.

Eu amo esse doce, mas confesso que a versão brasileira me agrada mais… No entanto, sem dúvida, vale a pena conhecer a original.

Em Málaga há diversas opções excelentes de restaurantes. Então, você não terá problemas em encontrar uma grande variedade para escolher.

A grande dica que eu posso dar nesse quesito é sobre os pratos: não deixe de saborear a paella com deliciosos frutos do mar, bem frescos, e as maravilhosas vieiras. Como ela se trata de uma iguaria no Brasil, vale a pena aproveitar, considerando que em Málaga o preço é bem mais em conta e as vieiras são bem maiores e muito mais saborosas.

Málaga o que fazer
Paella. Foto: Ellen
Málaga o que fazer
Vieiras. Foto: Ellen
Málaga o que fazer
Churros. Foto: Ellen

Hospedagem

Caso você esteja de carro, um hotel que oferece um ótimo custo-benefício é o Plaza Del Castillo. Ele é um pouco mais afastado do centro, mas oferece estacionamento gratuito e se enquadra na categoria 4 estrelas, portanto, oferece mais comodidades. 

Outro ponto interessante, é que o hotel tem um design medieval único, que te faz sentir ainda mais a atmosfera da cidade.

Nos hospedamos lá na última visita e foi muito confortável. O pátio é super agradável para relaxar à noite ao som das fontes de água e, ainda, o hotel dispõe de piscina e academia de ginástica.

O café da manhã não é dos melhores, não apresenta muitas variedades, mas é muito bem servido.

Por outro lado, para jantar o hotel oferece um restaurante com opções à la carte que são simplesmente deliciosas. Tudo que experimentamos, da entrada à sobremesa, nos agradou.

Hotel Plaza Del Castillo. Foto: Ellen

Conclusão

Em conclusão, Málaga é uma cidade muito agradável para se incluir em um roteiro pela Espanha. 

E, falando em planejamento de roteiro, isto é, se você estiver programando uma viagem, leia o nosso post sobre como escolher um bom pacote de viagens para saber as principais dicas e também como evitar cair em ciladas.

Leia também sobre outras cidades espanholas clicando nos posts relacionados logo abaixo.

Ah! Deixe nos comentários se alguma informação postada aqui te ajudou ou mesmo se você lembrou de alguma outra dica para acrescentar. Vamos curtir muito saber.

tudo que você precisa saber sobre seguro viagem

tudo que você precisa saber sobre seguro viagem

Gostou deste post? Compartilhe.

Facebook
Pinterest
WhatsApp
Imprimir
Telegram
E-mail

* Temos orgulho de só publicar artigos baseados em viagens que a autora realmente fez, então, se ler algo por aqui, pode confiar.

** Este artigo não recebeu nenhuma espécie de patrocínio e reflete as opiniões pessoais da autora.

Posts relacionados

Logo, podemos ver que esse post foi escrito do mesmo modo que os demais. Entretanto, com originalidade, assim como as fotos são inéditas. Portanto, contudo, todavia, não é visto que isso é assim. Em outras palavras, as fotos não são divulgadas. Da mesma maneira, sim. Contudo, também. Surpreendentemente, sim. Inegavelmente também. Analogamente, assim. Anteriormente, também. Decerto, sabemos. Eventualmente, será. Outrossim, talvez. Precipuamente, quem sabe. Salvo que seja diferente. Primordialmente também. A menos que não reconheça. Antes que chova. Ao propósito de concluir. Com efeito, será. De acordo com isso. De tal sorte que teremos alguém. Em contraste com aquilo. Seja como for, todos. Em princípio será assim. Além disso, irei. Em resumo também. Por outro lado falarei. Em terceiro lugar, jamais. Agora sabemos. Nesse hiato funciona. Pelo contrário. Nesse ínterim também. Por analogia dará certo. Nesse meio tempo acontecerá. Por conseguinte todos. Sob o mesmo ponto de vista será ótimo. Tanto quanto você. Se bem que eu faço. Uma vez que saímos. Visto que falamos. Ora pra cá ora pra lá. quer andando quer fazendo. Ou isso ou aquilo. Finalmente podemos. Provavelmente faremos. Afinal, é possível. Aliás, que bom. Conforme fizemos. Conquanto amamos. Sobretudo vocês. Enfim, podemos. Para que se faça. Por certo falaremos. Enquanto não se sabe. Eventualmente dará certo. Em conclusão sim.